Alexandre Garcia é demitido da CNN após defender tratamento precoce


A CNN anunciou na noite desta sexta (24) a demissão do jornalista Alexandre Garcia após ele ser desmentido no ar sobre tratamento precoce contra a COVID-19.


A emissora emitiu um comunicado oficial explicando que a decisão foi tomada após o jornalista ter sido reincidente na defesa do tratamento que não possui comprovação científica.


Confira a nota completa:





A CNN Brasil comunica que rescindiu o contrato com o jornalista Alexandre Garcia nesta sexta-feira (24). A decisão foi tomada após o comentarista reiterar a defesa do tratamento precoce contra a Covid-19 com o uso de medicamentos sem eficácia comprovada. O quadro "Liberdade de Opinião" continuará na programação da emissora, dentro do jornal "Novo Dia"


A CNN Brasil reforça seu compromisso com os fatos e a pluralidade de opiniões, pilares da democracia e do bom jornalismo.