Band irá transmistir desfile da divisão de acesso do Carnaval Carioca


A Band anunciou hoje que fechou acordo para a transmissão da Série Ouro do Carnaval Carioca, a divisão de acesso. O desfile estava sem contrato com a Globo após a emissora atender às demandas da Liga de São Paulo para que o desfile paulistano fosse transmistido para todo o Brasil, incluindo o Rio de Janeiro.


O valor e o tempo do contrato não foram revelandos pela emissora e nem pele Liga do Rio de Janeiro. Confira o anúncio:





A Band adquiriu nesta terça-feira os direitos de transmissão da Série Ouro do Carnaval carioca, que reúne agremiações tradicionais como União da Ilha, São Clemente, Estácio de Sá, Império da Tijuca, entre outras.

Em 2023, a emissora exibirá ao vivo na TV aberta e nas rádios do Grupo Bandeirantes, direto da Marquês de Sapucaí, os desfiles de 15 escolas de samba que fazem parte da divisão.

As agremiações prometem um grande show na Avenida nos dias 17 e 18 de fevereiro. Das 15 agremiações que disputam o título, 13 já estiveram no Grupo Especial, incluindo a Estácio de Sá, campeã do Carnaval do Rio de Janeiro em 1992.


"É um passo importantíssimo não só para as escolas da Série Ouro como para toda a comunidade do samba do Rio de Janeiro e do Brasil. Todo mundo estava esperando ansioso demais essa parceria que está acontecendo aqui hoje. É um momento de muita felicidade para as 15 comunidades que fazem parte da Série Ouro. Para mim é um momento bem emocionante, é um pontapé de classe para o Carnaval de 2023", afirma Wallace Palhares, presidente da Liga-RJ.