F1: Corrida emocionante não resiste ao espírito olímpico e bate recorde negativo


Foto: Lars Baron/Getty Images


A corrida do GP da Hungria marcada pelo acidente no início, a brilhante recuperação de Hamilton após erro da Mercedes e pela primeira vitória de Ocon na categoria, até conseguiu bons minutos na vice-liderança, mas acabou cravando a pior média da temporada até aqui.





Mesmo sem concorrer contra eventos ao vivo das Olimpíadas, a Fórmula 1 não conseguiu chamar a atenção da audiência que preferiu acompanhar a repercussão das medalhas do Brasil na madruga. De acordo com o site 'Teleguiado', foram 3.1 pontos de média, contra 11.4 da Globo, 3.5 do SBT e 3.3 da Record.


Veja a audiência dos 11 GPs transmitidos até aqui:




GP do Bahrein: 5.1 de média e 6.4 de pico

GP de Ímola: 4.3 de média e 5.5 de pico

GP de Portugal: 3.9 de média e 4.6 de pico

GP de Espanha: 3.8 de média e 4.8 de pico

GP de Mônaco: 4.1 de média e 4.4 de pico

GP do Azerbaijão: 3.7 de média e 5.0 de pico

GP da França: 3.8 de média e 4.4 de pico

GP da Estíria: 3.9 de média e 4.7 de pico

GP da Áustria: 4.3 de média e 5.2 de pico

GP de Silverstone: 4.1 de média e 5.3 de pico

GP da Hungria: 3.1 de média e 5.0 de pico