Jovem Pan demite comentarista após gesto polêmico


O ex-BBB Adrilles Jorge foi demitido da TV Jovem Pan News após um gesto no fim do jornal apontado pela própria emissora como alusão a uma saudação nazista. O comentarista encerrava a sua fala justamente sobre a polêmica do dia, a demissão de Monark do Flow (Monark é demitido dos estúdios Flow (audienciaaovivo.com)).


A emissora emitiu a seguinte nota na manhã de hoje:





"O Grupo Jovem Pan repudia qualquer manifestação em defesa do nazismo e suas ideias. Somos veementemente contra a perseguição a qualquer grupo por questões étnicas, religiosas, raciais ou sexuais. No exercício diário de informar e esclarecer a nossa audiência, prezamos pelo livre debate de ideias, mas não endossamos qualquer tipo de manifestação que leve ao discurso de ódio e que remeta a um episódio da nossa história que deve ser lembrado como símbolo de um erro da humanidade, que não deve jamais ser repetido. Nossos comentaristas têm independência para emitir opiniões respeitando os limites da lei, opiniões essas que não refletem posições do Grupo Jovem Pan"


Nas redes sociais, o ex-BBB se defendeu:





"Fui demitido da Jovem Pan . Por dar um tchau deturpado por canceladores. Infelizmente a pressão de uma turba canceladora e sua sanha de sangue surtiram efeito . Agradeço à Jovem Pan pela oportunidade e a todos os amigos que lá conquistei e que em mim confiam e apoiam"