Loading demite funcionários e encerra produções

O canal Loading, que tem pouco mais de 6 meses no ar, decidiu encerrar produções de programas inéditos e ao vivo. De acordo com o site 'Na Telinha', o executivo do canal reuniu a equipe e comunicou a decisão na tarde desta quinta (27) após a Kalunga, principal patrocinador do canal, retirar seus investimentos.




Ainda não houve um comunicado oficial por parte da emissora, mas alguns programas já desapareceram sem aviso prévio da grade do canal que irá apostar agora em reprises de programas já exibidos até aqui.


O canal, lançado em dezembro de 2020, ocupa a faixa da antiga MTV e nasceu com uma proposta de atrair uma audiência jovem com conteúdos voltados para a cultura pop, oriental, programas voltados para o mundo dos games e disponível nas operadoras de TV a cabo e no streaming.


Em Abril o canal fechou com uma audiência mensal de 0,03 pontos com 0,07% de share (https://www.audienciaaovivo.com/post/loading-%C3%A9-mais-vista-que-hbo-e-empata-com-a-mtv), superando canais tradicionais da TV a cabo, mas com números ainda muito modestos para um canal de TV aberto e para o nível de investimento da sua operação.


Informação divulgada na coluna do Fávio Ricco, no Portal R7, apontam uma possível negociação do Grupo Jovem Pan com os proprietários do canal. Recentemente o grupo anunciou ao mercado um projeto para colocar no ar um canal de notícias.