Não foi Round 6: Em trimestre de grandes lançamentos, Netflix atinge 222 milhões de assinantes


Nem só de Round 6 vive a Netflix. A gigante americana está acostumada com as oscilações sazonais de interesse pelos seus conteúdos e já previa para esse trimestre um crescimento acima dos trimestres anteriores, mesmo antes de saber que Round 6 se tornaria um grande fenômeno mundial.


Nesse período estrearam novas temporadas queridinhas do grande público como 'La Casa de Papel', 'Sex Education' e 'Eu Nunca'. O resultado foi um grande crescimento na base de assinantes da plataforma que chegou aos 222 milhões, sendo 67 apenas nos EUA. O Brasil conta com aproximadamente 10% desses assinantes, segundo dados vazados pelo Cade (https://www.audienciaaovivo.com/post/erro-do-cade-indica-que-netflix-tem-19-milh%C3%B5es-de-assinantes-no-brasil).


Round 6 estreou no dia 17 de Setembro e os seus verdadeiros efeitos na base de assinantes devem ser mais sentidos neste último trimestre, uma vez que a série estourou em períodos variados nas mais diversas partes do mundo.


De acordo com a gigante, foram 4,4 milhões de assinantes a mais apenas no último trimestre com um lucro de US$ 1,4 bilhão.